Maria Clara Fagundes » Arquivo » Resenha: A probabilidade estatística do amor à primeira vista

02 mar 2014
Resenha: A probabilidade estatística do amor à primeira vista

| post por:
| Maria Clara Fagundes
| 27/02/2014 às 18:22
| Arquivado em: Galera Record, Resenhas, Sem categoria |


Atrasos, atrasos, atrasos: Quem nunca se atrasou pra um compromisso importante?

Ok, mas quem consegue perder de um vôo por um atraso mínimo de quatro minutos? Hadley é a sortuda. Uma garota de 17 anos, filha de pais divorciados, que está sendo praticamente obrigada a ir ao casamento de seu pai com uma mulher que ela nem ao menos conhece e nem queria conhecer. Charlotte é a noiva, que seu pai, ao se mudar para Oxford para lecionar, se envolveu e acabou “abandonando” a família de vez.

Além do pai resolver tudo isso por si só, agora decide se casar e Hadley se vê tendo que passar horas em um vôo chato para ir a um casamento indesejado. Por causa de quatro minutos Por força do destino ela perde o vôo e conhece um garoto chamado Oliver, um rapaz misterioso e interessande de 18 anos, que não só mexe com os sentimentos de Hadley, mas faz com que todas as longas horas de viagem se tornem bem mais interessantes. Ao longo do livro acontecem algumas coisas “imprevisíveis” aos personagens.. E acho que não vou contar mais para não se tornar um spoiler, visto que o livro não tem muito conteúdo.

Já vi muitaaas resenhas positivas do livro, por isso me sinto triste em fazer uma num sentido bem negativo. Os diálogos são curtos e sem desenvolvimento. A proposta do livro é bem interessante.. A capa é sugestiva tanto quanto o nome e acredito que tudo poderia ter sido contado de uma maneira bem mais interessante.

Ler esse livro me deu a sensação de ler um de menos de 50 páginas, a leitura é leve e a história se passa em apenas 24h. Li muitas resenhas positivas sobre o livro mas, para mim, não é um livro tão encantador.. Achei bem infantil, super rápido e muito superficial não só a história mas também como foi contada. Tenho a sensação de que se eu tivesse lido o livro com 12 anos teria me apaixonado completamente. Mas é uma questão de gosto/opinião. Quem me conhece sabe que amo livros YA (young-adult) mas, apesar de já esperar uma leitura extremamente leve e bem clichê, eu realmente não esperava que a história fosse tão fraca.

As folhas são amareladas ♥ e o espaçamento é bom. Como se pode ver: é pouco conteúdo por página, ou seja, o livro é realmente bem pequeno.

Será que é possível, de repente, descobrir o tipo de que você gosta,
mesmo quando se acha que nem tem um tipo? (Página 37)

Editora: Galera Record, 2013. Páginas: 222. Nota: 2/5

Apesar de possuir mais de 200 páginas é um livro bem pequeno como você pode visualizar nas imagens, além de bem fino. Dá pra ler ele em um dia tranquilamente.

Bom, é isso! A dica é: Compre o livro, talvez você discorde absolutamente de tudo que eu disse! (como parece ser a opinião da maioria das pessoas que resenharam no skoob)

Beijos!


Tags: , , , , ,


Posts Relacionados





Nenhum comentário em “Resenha: A probabilidade estatística do amor à primeira vista”


Comentar